Porque é que o Footer é o novo mapa do site?

By | 23 Dezembro, 2016

Há uns anos atrás, o footer raramente era considerado como um elemento importante de usabilidade. Um estudo mostra que muitos sites ainda usam este tipo de footer onde contém uma pequena linha de links administrativos e informações de copyright. Nos últimos anos, evoluiu para mini sitemap.

Mini Sitemap
Se tens um site grande, deves fazer do footer um mini sitemap próprio. Quando os utilizadores não encontram o que procuram no header, irão procurar no footer. É aqui que devem ver uma lista abrangente de links do site organizados por categoria. Quando o teu footer é um mini sitemap, os utilizadores acreditam que vão encontrar o que querem rapidamente. Isto acontece porque os links estão todos visíveis e não escondidos dentro de menus suspensos, clicando no link específico directamente.

Projectar o Footer
Um mini sitemap eficaz requer rótulos por categorias distintas que contrastem com os links. Se não os incluíres, torna-se difícil para os utilizadores perceberem a lista de links. Precisam de ser capazes de detectar uma categoria e percebê-la sem perder tempo com as outras. Deves ter um espaço amplo entre os links para que sejam fáceis de seleccionar. Se tens muitos links e categorias, deves considerar usar um menu acordeão para exibi-los. Economiza espaço e evita que surjam erros.

Trabalhe o Footer
Nem todos os sites precisam de um mini-footer do sitemap. Se tens um site grande com muitos conteúdos, deves considerá-lo. Especialmente os sites e-commerce, onde os utilizadores precisam de encontrar os produtos rapidamente.
Os designers não devem ignorar nunca o footer. É um elemento do site que precisa de cuidados e atenção. Organiza-o correctamente, de forma a que os utilizadores encontrem facilmente aquilo que tanto procuram.

blog_footer_worten

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *