Há marcas que se tornam mais sonantes do que outras, há até algumas que ficam na linguagem corrente. A Nike e a Google são excelentes exemplos.

O que faz com que os seus nomes ganhem esta dimensão?
O sucesso dos produtos/serviços atinge um patamar de excelência tornando-a memorável, ou porque o nome da marca se torna parte significativa do êxito dos seus produtos.
Para compreender este fenómeno é necessário ter presente diversas realidades, nomeadamente situações em que as marcas estrangeiras mudaram radicalmente os seus nomes para termos que funcionem melhor numa determinada zona; ou marcas que se pronunciam de acordo com o idioma local. Contudo, existem outros factores que podem também influenciar estas adaptações. Será relevante ouvir a perspectiva de Jonathan Bell.
Mas o verdadeiro sucesso de uma marca é concretizado quando o seu nome se transforma numa palavra ou verbo, simbolizando conceitos na forma como representamos o mundo. São exemplos, a Tupperware, Jacuzzi, Jeep, Post-it, Google ou o Photoshop. Porém, há riscos associados a este fenómeno; a Xerox e a Aspirina são exemplos de marcas cujos nomes se tornaram tão genéricos que o potencial da marca enfraqueceu.

Como transformar uma marca em uma palavra ou verbo?
É impossível prevê-lo, existem contudo elementos de sucesso comuns às diversas marcas que se tornaram bem sucedidas. Primeiramente, é fundamental resumir um conceito numa única palavra. A Uber é um excelente modelo, na medida em que representa o conceito de “pedir um táxi através de uma app”. O Photoshop é igualmente um bom exemplo. Outra dica é adoptar nomes curtos, com poucas sílabas.
A nossa interpretação do mundo depende da construção linguística. Quando uma marca faz parte dessa linguagem, torna-se num elemento de descrição para um conceito. Não obstante, é fundamental que a marca apresente produtos/serviços de extrema importância e qualidade. Um bom nome não funciona por si só, mas associado a um bom produto, principalmente se for inovador, entrando assim no nosso vocabulário.  


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *