As notificações resultam de um mecanismo que envia mensagens (push, do inglês, significa empurrar). Odiadas ou amadas, consoante a utilidade ou não utilidade. A diferença entre a notificação comum e a notificação push está no facto de o aplicativo nos questionar se as desejamos receber.
A versão push é normalmente menor, com menos texto do que uma mensagem. As notificações push têm uma taxa de conversão maior que o e-mail e geram mais resultados. Podem ser trabalhadas permitindo uma comunicação personalizada e segmentada. Numa palavra, permitem mil utilizações.
Estão presentes em vários dos nossos projectos.
Activar ou desactivar depende apenas de si, sendo certo que em muitas situações são extremamente úteis.

Fidelizarte, desde 1996.


0 comentários

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *