A Optical Art foi um movimento artístico da década 60 que surgiu nos Estados Unidos.
Baseia-se em recursos visuais como a ilusão de ótica, movimento e as ilimitadas possibilidades da falibilidade do olho.

Embora alguma semelhança com o expressionismo abstrato, este estilo procura explorar uma nova tridimensionalidade, um contraste de cores e formas geométricas.
O seu auge foi em 1965 quando o Museu de Arte Moderna de Nova Iorque, apresentou a exposição “The Responsive Eye”, com 123 pinturas e esculturas de artistas como Victor Vasarely, Richard Anusziewicz, Bridget Riley, Ad Reinhardt e Frank Stella.

Apesar dos seus efeitos estranhos, muitas vezes indutores de náusea, a Optical Art está alinhada com os cânones tradicionais da arte.
Toda a pintura tradicional é baseada na “ilusão” de profundidade e perspetiva, esta técnica apenas amplia a sua natureza ilusória, interferindo na perceção ótica.

Categorias: Sem categoria

0 comentários

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de email não será publicado.