Já todos ouvimos falar de startups e de unicórnios também provavelmente. Os unicórnios eram criaturas mitológicas que se destacavam pelos chifres nas suas cabeças. A característica fundamental de uma startup é, para além da inovação, valerem rapidamente mais de mil milhões de dólares! A Uber é um bom exemplo, revolucionou o transporte permitindo que os utilizadores usem um veículo em poucos minutos, bastando para isso apenas alguns cliques.

Bons exemplos portugueses de unicórnios: Farfetch, Talkdesk, OutSystems e Feedzai. Há neste momento várias startups a caminho de se tornarem unicórnios.

Exemplos: Automaise com sede em Braga, Barkyn criada no Porto, Sensei fundada em Lisboa, Virtuleap e Musiversal, entre outras.

O sonho de qualquer startup é tornar-se um unicórnio.
Oxalá surjam muitos.


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *